Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

Prepare o cardápio para o jogo do Brasil

A seleção do Brasil e  do México se enfrentam na próxima segunda, 2, às 11h pelas oitavas de finais da Copa do Mundo e nada melhor do que assistir o jogo comendo. Para deixar tudo ainda mais em clima de Copa, o blog da CEAGESP separou um cardápio que mistura a culinária brasileira com a mexicana, trazendo o sabor do jogo diretamente para a sua mesa! Com o horário temos duas opções: prolongar o café da manhã ou adiantar o almoço. Então as receitas são bem variadas e vai do gosto de cada torcedor, o importante é ser pé quente e torcer para que a seleção continue avançando na competição rumo ao Hexa! Tacos Imagem: Internet Ingredientes 12 tortillas de milho Guacamole Creme de nata 500g de carne picante Alface americana em tiras 300g de muçarela ralado 2 tomates picados 1 lata de milho verde Modo de preparo 1. Prepare a carne picante, o guacamole e o creme de nata como ensinados abaixo. 2. Em seguida, recheie as tortillas. Adicione o queijo muçarela e a carne picante. 3.

Parabéns, pescador!

Nesta sexta-feira, 29 de junho, é comemorado o dia do pescador. Também é o dia de São Pedro, apóstolo que também era pescador e tornou-se padroeiro desses profissionais. Conhecidos como bons contadores de histórias, os pescadores vão muito além de pescar peixes. É preciso conhecer os segredos da natureza e do mar, o tempo certo para a pesca, as várias espécies existentes e as leis que regulamentam esse ofício. Grande parte de toda esse trabalho chega no Frigorífico São Paulo (FRISP), que possui a segunda maior feira atacadista de pescados da América Latina. Num espaço de 27m2 são comercializados por dia, aproximadamente, 200 toneladas de pescados de 97 espécies, sendo 80% de água salgada. Dados da Seção de Economia e Desenvolvimento (SEDES) mostram que em 2017 forma comercializados mais de 43 mil toneladas de pescados, gerando um volume financeiro de aproximadamente 291 milhões de reais.  Todo esse resultado não seria possível sem o trabalho árduo do pescador

CEAGESP recebe campanha de vacinação contra gripe e febre amarela

Quem entrou pela manhã desta sexta-feira (29/6) pelo portão 1 do Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) se deparou com uma fila com dezenas de pessoas à espera da equipe da Vigilância Epidemiológica das Unidades de Pinheiros e Lapa, que trouxe com duas mil doses de vacinas contra febre amarela e outras duas mil contra gripe (H1N1, H3N2 e tipo B) para serem aplicadas durante todo o dia.   Sergundo a enfermeira Nira Hernandez, responsável pelos trabalhos do dia, a expectativa era de aplicar todas as vacinas que foram trazidas para essa ação preventiva. “Estamos em 27 pessoas para atender as pessoas que transitam e trabalham aqui na CEAGESP, e se for preciso mais vacinas, sairemos para buscar mais doses”, disse ela.  A campanha começou com uma triagem, em que as pessoas eram identificadas e recebiam o comprovante de vacinação. Em seguida, eram direcionadas para as filas de vacinação, uma para a febre amarela, e outra para gripe.    Em menos de uma hora desde o início da ação

Comitê de Gestão de Risco realiza treinamento no ETSP

Participantes ouvem explicações de Leonardo (em pé) O Comitê de Gestão de Riscos da CEAGESP realizou na quinta-feira (28/6) no Auditório Nelson Loda do Entreposto Terminal São Paulo, um treinamento sobre a Gestão de Riscos Corporativos para gestores e colaboradores de diversas áreas da Companhia, com o intuito de esclarecer a operacionalização dos relatórios que o grupo vem produzindo a partir do mapeamento do fluxograma de ação de alguns setores administrativos e operacionais.   O encontro foi aberto pela chefe da Seção de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (SEDEP), Camila Morina Fernandes, que agradeceu a presença de todos e destacou a importância do trabalho do Comitê de Gestão de Riscos. Em seguida, falou Leonardo Carmargo Favatto, da Coordenadoria de Auditoria Interna (CODIN) que com o apoio de Gerson Ulisses de Moraes Junior, da Seção de Atendimento e Expediente do Entreposto (SAEXE), está coordenando os trabalhos do Comitê. Gerson (esq.) e Leonardo estão à frente do C

Nossa Turma entra no ritmo da Copa com atividades internacionais

A Associação Nossa Turma realizou várias atividades relacionadas com a Copa do Mundo 2018 da Rússia com os alunos atendidos pelo projeto Ampliada, que reúne crianças e adolescentes da faixa dos 6 aos 13 anos, com o intuito de levar conceitos de cidadania, motivação, superação, convivência, diversidade e patriotismo. Foram desenvolvidas várias atividades relacionadas à cultura, culinária, história e geografia dos países participantes da Copa do Mundo, sem deixar de lado a cultura brasileira, com as festas típicas do mês de junho. Com isso, aconteceram oficinas culinárias, em que os alunos da Ampliada aprenderam a preparar receitas como bolo cremoso de fubá – prato típico das festas juninas -, além de sopa de beterraba e estrogonofe, que são muito consumidos na Rússia. Além disso, foram realizadas outras atividades pedagógicas com o intuito de ensinar algo sobre a Copa em si, como a confecção de tabelas de jogos, pontuação de gols, números de jogadores, velocidade

Receita da semana: Conserva agridoce de rabanete

O rabanete é muito consumido no Brasil em saladas, cru, cortado em rodelas ou em fatias. Em outros países, essa raiz é muito usada também para fazer conservas, como nesta receita que trazemos esta semana, que leva um sabor adocicado e azedinho ao mesmo tempo, e é muito encontrado em restaurantes japoneses, onde normalmente é servido como entrada.   De fácil preparo, esta receita leva pouquíssimos ingredientes e depois de preparado pode ficar na geladeira por até uma semana. Vai muito bem como acompanhamento de carnes e pescados, além de ser leve e refrescante. Quando feito em conserva, o rabanete perde um pouco o seu sabor picante e até as crianças vão gostar! Vamos à ela?   CONSERVA AGRIDOCE DE RABANETE   Ingredientes 1 maço de rabanete ½  xícara de chá de vinagre de arroz (pode ser substituído pelo vinagre de maçã) ½ xícara de chá de água ½  xícara de chá de açúcar 1 colher de sopa cheia de sal 1 colher de sopa de sakê (opcional) Modo de fazer Separe o raban

Entreposto de Sorocaba participa da ação "Um brinde à Responsa"

No último dia 20, o entreposto de Sorocaba foi o local escolhido para o lançamento da campanha "Um Brinde à Responsa", ação criada pela Guarda Civil Metropolitana (GCM), que integra a Secretaria de Segurança e Defesa Civil (Sesdec), em parceria com a Secretaria da Mobilidade e Acessibilidade (Semob – Urbes).  A proposta é conscientizar as pessoas sobre as consequências da perigosa combinação entre álcool e direção. Duas mil pessoas que passaram pelo entreposto foram abordadas pela equipe de Educação para o Trânsito. Todas foram orientadas e receberam material informativo sobre o assunto, além de serem fotografadas com uma das atrações do evento, o cão terapeuta Mayke, da GCM. A mensagem transmitida e que deve ser compartilhada com parentes e amigos é aquela que muitos já sabem, mas ainda esquecem: "Se beber, não dirija!" Confira a matéria completa no site da prefeitura de Sorocaba: https://bit.ly/2tMAWld Créditos das imagens: Pr

Conheça os benefícios do rabanete, o produto da semana (26/6)

Rabanete faz parte daqueles legumes que ou se ama, ou se odeia. Há quem adore aquele sabor meio ardidinho e a crocância dele, como há quem não o aprecie muito pelos mesmos motivos. Entretanto, mesmo aquelas pessoas que não são muito fãs desse primo do nabo talvez mudem de ideia, ao ver quantos benefícios à saúde se obtém ao consumir esta raiz de formato arredondado ou alongado e de casca vermelha e interior branco. O rabanete é uma hortaliça cultivada na Europa e Ásia desde a Antiguidade, de onde saiu para se espalhar por todo o mundo, apreciado pelo seu sabor adocicado, refrescante e picante. Ele pertence à família Brassicaceae, a mesma da couve, do nabo, da mostarda e do agrião. Normalmente consumido cru em saladas, vai muito bem também no preparo de sucos, conservas e sopas. Essa raiz tem excelentes fontes de nutrientes, tais como antioxidantes que impedem a ação dos radicais livres no organismo, aumentando com isso o sistema imunológico. Suas fibras auxiliam