Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

Entreposto de S. J. dos Campos bate recorde de público

Mais de 10 mil pessoas passaram pelo mercado de flores e de hortifrutis na manhã de sexta -feira, dia 21, no Entreposto de São José dos Campos, segundo estimativas da gerência da CEAGESP e da Polícia Militar. De acordo com a gerente, Adriana Carvalho, chegou a haver congestionamento na Via Dutra, entre 6h20 e 7h40. Um dos motivos do recorde de público foi as recentes reportagens publicadas na mídia televisiva por conta das compras de Natal .

CEAGESP distribui doação de feijão

O Banco CEAGESP de Alimentos (BCA) recebeu da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) uma doação de 32, 2 toneladas de feijão tipo 3. O total chegou dividido em 537 sacos de 60kg, que foram distribuídos pela CEAGESP para outros bancos de alimentos já cadastrados no BCA. Estas unidades estão aptas para armazenar e embalar o conteúdo em grande quantidade, para que sejam então recebidas por instituições filantrópicas. A CONAB recebe doações de pequenos produtores e escolheu a CEAGESP para repassar o feijão devido a sua parceria. O alimento doado foi devidamente selecionado e tratado para consumo. Bancos de Alimentos que receberam a doação de feijão: Bancos Sacos Kg Sorocaba 70 2400   São Paulo 66 3960   Guarulhos 63 3780 São Vicente 41 2460 Osasco 33 1980 Embu 33 1980 Jandira 33 1980 Taboão da Serra 33 1980 Carapicuíba 33 1980 São B

Nossa Turma festeja final de ano

O fim de ano tem sido animado na Nossa Turma. Só em dezembro a associação beneficente que funciona no Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) teve quatro confraternizações. Ao todo, 117 crianças das classes mini-maternal, maternal, jardins I, II e III e ampliada foram presenteadas. A primeira festa aconteceu no último dia 8. Com a ajuda da entidade filantrópica Grupo Meninas do Bem , foram oferecidos salgados, refrigerantes e presentes para todos. O evento contou com a presença da representante do grupo, Larissa Mussatto Assaf. No dia 14 foi a vez da confraternização com os funcionários da CEAGESP, em que os funcionários da Companhia puderam apadrinhar uma criança para presenteá-la.  Na festa, as crianças tiveram como surpresa a presença de José Daniel Veloso, carregador do Entreposto conhecido por escrever e recitar poemas, que foi o Papai Noel. Antes da entrega dos presentes,  Margarete Gonçalves de Goe s,  esposa do presidente da Nossa Turma , Manoel (Manelã

CEAGESP oferece variedade em decoração para Natal e Ano Novo

Feira de Flores tem produtos naturais e artificiais para todos os bolsos e gostos São Paulo -  A Feira de Flores da CEAGESP, considerada a maior do País e uma das maiores do mundo no gênero, oferece uma série de produtos decorativos bastante procurados nesta época do ano, e que não se resumem só a flores e arranjos. O clima de festa convida a decorar a casa para o Natal e o Ano Novo e, para isso, a Feira disponibiliza uma série de enfeites de tipos, tamanhos e preços diferentes. Para quem busca praticidade e preço acessível, a Feira oferece produtos artificiais para enfeitar os vasos, como galhos floridos e flores bico de papagaio, que podem ser encontrados a partir de R$ 1,80 a unidade. Alguns arranjos de mesa, como pequenas peças de topiaria, custam a partir de R$ 4,00 a unidade. Papais Noéis e bonecos de neve de pano a partir de R$ 6,90 cada. Já as tradicionais guirlandas, de várias cores e materiais, estão a partir de R$ 22. Para garantir um Natal iluminado,

CEAGESP dá dicas para economizar nas ceias de fim de ano

Especialista indica alternativas para adquirir produtos de qualidade e economizar na hora das compras São Paulo (SP) - Por conta do aumento da demanda no final de ano, é natural que o preço de algu ns produtos consumidos nessa época venha a subir. Em dezembro, as frutas representam 60% das vendas na CEAGESP, por isso a maior central de abastecimento da América Latina preparou algumas dicas para o consumidor economizar no momento de montar a ceia do Natal e do Ano Novo. “ É nessa época que vale a pena apostar em produtos convencionais como laranja, banana, mamão, limão, maracujá, maçã e pera, já que a tendência é que o seu preço se mantenha estável, contrabalanceando com o preço de outros produtos mais tradicionais como as nacionais (uva, pêssego, ameixa, melancia, manga, figo, lichia e abacaxi) e as importadas (cereja, uva passa, pêssego, ameixas, avelãs e castanhas, entre outras)”, explica Flávio Godas, economista da CEAGESP (foto). Ainda assim, de acordo com o Índi

Banco de Alimentos doa mais de 96 ton

No mês de novembro, o Banco CEAGESP de Alimentos (BCA) doou mais de 96 toneladas de frutas, verduras e legumes a 89 entidades cadastradas. Durante o período, 46 permissionários colaboraram com o BCA. O mês de novembro foi inferior em relação a outubro, quando houve a doação de 171 toneladas de alimentos. Dentre os 46 permissionários que contribuíram para o Banco, os cinco maiores doadores foram Batista, Ciro, Cantú, H.Shimizu, Iguape. Em novembro, os alimentos mais doados foram tomate, mamão, ameixa, chuchu e banana. OS 5 MAIORES DOADORES DE NOVEMBRO/ 2012                        (Kg)           1 BATISTA BARRACÃO 24.740 2 CIRO BARRACÃO 14.165 3 CANTÚ HFI 142/143 7.749 4 H.SHIMIZU MFEB 53/54 5.790 5 IGUAPE APB 115 5.400

Índice CEAGESP sobe 0,92% em novembro

--> Em razão do maior consumo ocasionado no final de ano, é esperado o aumento de preços das frutas --> --> S ão Paulo, novembro de 2012 – O índice de preços CEAGESP registrou leve alta de 0,92% em novembro. “No ano, o indicador acumula elevação de 13,19% e, nos últimos 12 meses, aumento de 12,59%. A previsão é que durante o mês de dezembro o índice continue a registrar alta”, esclarece Flávio Godas, economista da CEAGESP.   A alta mais expressiva foi a das Verduras , cujo setor subiu 8,81%. Entre os produtos que sofreram elevação destacam-se a escarola (61,8%), o coentro (29,5%) e a alface americana (22,9%). As principais quedas foram as do milho verde (-29,7%), da rúcula (-9,6%) e do repolho (-7,4%). Na sequência, o setor de Frutas registrou elevação de 4,45% em novembro. Entre as principais altas  estão a do abacate margarida (64,6%), do maracujá azedo (28,8%) e do mamão formosa (26,2%). As baixas mais expressivas no setor foram do figo (-30