Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2020

MEMÓRIAS CEAGESP: Entreposto Terminal São Paulo ontem e hoje

Localizado na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo, o Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) foi inaugurado em 1966 e ao longo dos anos tornou-se a maior central de abastecimento de frutas, legumes, verduras, flores, pescados e diversos (alho, batata, cebola, coco seco e ovos) da América Latina. Os permissionários do entreposto comercializam os mais variados produtos, vindos de 1500 municípios de 22 estados brasileiros e também de outros 19 países. A primeira imagem do nosso Memória CEAGESP do mês, apresenta o ETSP às vésperas de sua inauguração e a segunda, é o registro de um dia normal de trabalho, quando diariamente passam por aqui, cerca de 50 mil pessoas e 12 mil veículos. Para encontrar produtos e comerciantes do ETSP, consulte o GUIA CEAGESP.

Unidade armazenadora de Avaré inicia recebimento de soja

Previsão é ultrapassar 60 mil toneladas. As unidades armazenadoras da CEAGESP estão a todo vapor recebendo a safra 2020 de soja. Chefiada pelo engenheiro agrônomo Roberto Nakashima, dessa vez é a unidade de Avaré, que possui capacidade para receber 60 mil toneladas de grãos. A previsão é que essa quantidade seja superior, considerando a movimentação de entrada e saída do produto durante o período. O técnico Evandro Goulart, da equipe da Seção de Controle Fitossanitário (SECOF), esteve na unidade coordenando os trabalhos dos responsáveis pelo recebimento dos grãos, priorizando o controle da qualidade e sua padronização. Tais ações são importantes para a garantia da segurança e para evitar possíveis perdas durante a operação.

Posts mais visto em 2019 no blog da CEAGESP

Criado em julho de 2012, o blog da CEAGESP é um dos principais canais de comunicação com nossos seguidores, ao todo a pagina já teve 1 milhão 136.539 mil acessos. A página conseguiu cerca de 240 mil visualizações só no ano passado. Como 2019 foi um ano especial para a companhia, que completou 50 anos de existência. Confira abaixo os posts mais vistos de 2019. Você já experimentou palombeta? (Cerca de 10,4 mil acessos no ano de 2019) https://ceagespoficial.blogspot.com/2016/06/voce-ja-experimentou-palombeta.html Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realiza fiscalização na CEAGESP (Cerca de 4,85 mil acessos no ano de 2019) https://ceagespoficial.blogspot.com/2019/10/ministerio-da-agricultura-pecuaria-e.html Receita da semana: bolo de limão com casca (Cerca de 4,53 mil acessos no ano de 2019) https://ceagespoficial.blogspot.com/2016/02/receita-da-semana-bolo-de-limao-com.html Cará não é inhame: saiba diferenciar um do outro (Cerca de 3,67 mil acessos

Receita da semana: Molho de salsinha com filé de anchova (29/1)

A salsinha é um tempero verde muito utilizado em nossa culinária, comumente comercializado em maços em feiras livres e supermercados com cebolinha e às vezes, um bago de pimenta dedo de moça. Quando não se usa todo o maço, fica a pergunta: o que fazer com o que sobrou?  A resposta é muito simples: faça um molho com a salsinha (e o que mais sobrar do maço de cheiro verde) e adicione um pouco de filé de anchova ou mesmo de sardinha salgada em lata, o qual pode ser guardado na geladeira por até uma semana, ou congelado em cubinhos no congelador.  Para incrementar, a receita pode ser acrescida de algum tipo de grão, como nozes ou castanhas, para ficar com gostinho todo especial. Muito versátil, esse molho pode ser usado para incrementar carnes assadas, no preparo de molhos de massas, ou para ser usado no pão torrado no churrasco do final de semana. O melhor é que a receita é muito fácil de ser preparada, leva poucos ingredientes e fica uma delícia! Vamos à ela? MOLHO

Conheça mais sobre a salsa, o produto da semana (28/01)

Originaria da Europa há mais de 300 anos a salsa foi introduzida no Brasil por colonizadores portugueses, com foco originalmente na culinária. Conhecida também como salsinha, a salsa é uma planta medicinal bastante utilizada no tratamento de doenças renais, pedras nos rins e prisão de ventre. Suas folhas e sementes são usadas para fazer remédios naturais, além é claro como tempero culinário. Sendo muito versátil, a salsa pode ser usada para temperar praticamente qualquer tipo de prato, entre eles se destacam molhos, risotos, carnes peixes, saladas e sopas, dando um gostinho especial para qualquer comida. O consumo regular de salsa gera os seguintes benefícios: Previne o câncer, por ativar a glutationa, um potente antioxidante no organismo; Previne gripes e o envelhecimento precoce, por ser rica em antioxidantes como óleos essenciais, vitamina C e flavonoides, especialmente a luteolina; Previne a anemia, por ser rica em ferro e ácido fólico; Ajuda no controle