Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

Sete maneiras saudáveis de preparar frutas e verduras

A maneira como você prepara seus alimentos pode diminuir ou aumentar as propriedades e benefícios que frutas, legumes e verduras podem trazer ao serem consumidas. Por exemplo, ao cozinharmos algumas hortaliças em água quente, como espinafre e brócolis, muito dos seus nutrientes acabam ficando no líquido, como ferro e sais minerais. O ideal é aferventá-los no vapor ou no micro-ondas, para diminuir essa perda. Ou mesmo cru, como ingrediente de saladas. Veja algumas maneiras de preparar seus alimentos e tenha uma vida mais saudável! 1 – Assar... - Batatas doces cortadas em fatias finas, temperadas com um fio de azeite, sal e ervas são um aperitivo saudável e natural. - Pêssegos cortados ao meio e regadas com mel e uma pitada de gengibre ralado e nozes é um ótimo acompanhamento para carnes. - Abóbora fatiadas cobertas com óleo vegetal, sal e grãos de gergelim são uma ótima entrada. 2 – Cozinhar... - Tomates em fatias ou pedaços grandes em um caldo de carne ou de legumes para uma

Surpreenda-se com este canapé

Foto: Felipe Paciullo / CODCO Com um sabor suave que às vezes não apetece algumas pessoas, a abobrinha foi muito bem aproveitada nesta receita do Banco CEAGESP de Alimentos (BCA) e pode surpreender até quem não é fã do legume. Ao abobrinha é combinada a dois ingredientes que dão sabor diferenciado ao canapé. O grão de bico, alimento base do famoso homus árabe; e o tomate cereja, de uso típico em saladas, deram um toque especial à entrada que é uma boa escolha para servir aos amigos e parentes em festas. Veja agora como preparar esta receita! Canapé de abobrinha, pasta de grão de bico e tomate cereja Rendimento: 20 unidades Ingredientes: 2 abobrinhas cortadas em rodelas finas (base); 5 tomates cereja cortados em pétalas; 50g de xerém (farofa) de castanha do Brasil; 200g de pasta de grão de bico germinado; 50g de salsinha picada com talos Modo de preparo Germine as sementes de grão de bico, deixando-as na água de um dia para o outro. Em um processador, coloque o grão de bic

CEAGESP no combate ao Aedes Aegypti

Neste sábado (30/1), equipes da Subprefeitura Lapa, da Supervisões de Vigilância em Saúde (SUVIS) Lapa/Pinheiros, do Programa Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS) e Unidade Básica de Saúde Parque da Lapa estarão percorrendo a região da Vila Leopoldina para a campanha nacional de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, do vírus Zika e da Chikingunya.  Aqui na CEAGESP, ações de conscientização e de eliminação de possíveis criadouros de larvas do mosquito acontecem das 8h ao meio dia, quando agentes de prevenção estarão percorrendo o mercado, conversando com os frequentadores do varejão de final de semana e passando a mensagem principal da campanha: A dengue é um problema de todos, e a solução também.  Em paralelo, equipes de limpeza da Prefeitura Municipal estarão realizando a coleta Cata-bagulho na região, para recolher focos de lixo que possam servir de locais de proliferação do Aedes Aegypti A CEAGESP entra firme na campanha de combate ao mos

Aprenda dicas para cultivar orquídeas

Ter uma orquídea é o desejo de muitas pessoas, mas mais importante que ter é preciso saber cuidar. Para que ela fique bonita e vistosa, há cuidados especiais que devem ser tomados. Saiba agora algumas dicas de como cultivar esta flor. Segundo dados do Kew Gardens , situado no Reino Unido, um dos mais antigos jardins botânicos do mundo, há cerca de 26.567 espécies de Orchidaceae – família das orquídeas – no planeta. Só no Brasil, as variedades deste tipo de planta passam dos 2.500. Mesmo com tantas espécies diferentes e cada qual com suas características, elas possuem cuidados básicos em comum.   O vaso preferencialmente deve ser de barro, pois a água terá maior drenagem e não deixará a planta encharcada, o que pode matá-la. Outro detalhe importante é não deixar um pratinho embaixo do vaso, pois com água, ele encharca as raízes da orquídea e ainda é o ambiente perfeito para o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika se reproduzir. A terra que será utilizada deve conte

CEAGESP presta homenagem aos profissionais de Comércio Exterior

Nesta quinta-feira, o Brasil comemora o Dia do Comércio Exterior. Apesar da interação comercial com outras nações parecer algo recente, resultado da modernização e tecnologia, a origem da data remete ao século 19. Dados referentes ao ano de 2015/ CEAGESP. Antes mesmo de ser proclamada a independência do Brasil, em 1822, a Família Real portuguesa se refugiou nas terras tupiniquins por conta da guerra com a França. Seis dias depois de chegar ao novo continente, o rei Dom João VI decretou a abertura dos portos brasileiros às nações amigas de Portugal, dando origem as relações comerciais do Brasil com outros países. Hoje, quase 200 anos depois, o comércio exterior é essencial para a economia das nações. Em 2015, por exemplo, a CEAGESP recebeu mais de 360 mil toneladas de produtos originários de outros países, com destaque para Argentina, Chile e Espanha . Deram entrada no Entreposto Terminal São P aulo no ano passado 85 mil toneladas de pera, 42 mil ton e ladas de maçã, 20 mil

Receita da semana: creme de abóbora

Foto: zone41 / Flickr O legume é rico em água e também tem muitas fibras que, no caso desse último nutriente, traz a sensação de muita saciedade. Isso o torna um atrativo para as pessoas que querem emagrecer sem abrir mão de uma alimentação saborosa e nutritiva. Ao unir as qualidades da abóbora com a cenoura, que tem baixo índice de gordura e é rica em vitaminas B, C e antioxidantes, esta receita apresenta um prato quente para os dias frios, prese nte s mesm o em meio ao calor típico de janeiro. A receita ainda leva bacon e queijo ralado. Irresistível para os fãs da dupla. Creme de abóbora Rendimento: 16 porções Tempo de preparo: 1 hora e 30 minutos Ingredientes: 6 xícaras (chá) de abóbora picada 4 xícaras (chá) de cenoura picada 2 colheres (sopa) de margarina 3 colheres (sopa) de farinha de trigo 2 ½ xícaras (chá) de leite morno Sal a gosto 3 colheres (chá) queijo ralado 5 colheres (chá) de bacon picado 3 ovos Modo de preparo: Cozinhe a abóbora e a cenoura até que fiq

Conheça os benefícios da abóbora moranga

A abóbora moranga, que é o item selecionado da cesta de produtos do Dicas de Compras da Semana (26/1) , tem importantes características nutricionais ( vide tabela ). Para aproveitar bem o legume, é preciso saber como escolhê-lo corretamente no ponto de venda (mercado, quitanda, feira ou sacolão). Pensando nisso, a equipe do Banco CEAGESP de Alimentos (BCA) recomenda dar preferência à abóbora mais pesada e com bom formato. Em hipótese alguma adquira o produto se ele tiver qualquer grau de decomposição, desintegração ou fermentação da casca ou mesmo da polpa. É aconselhável deixar o legume em local fresco e, uma vez cortado, cozinhá-lo no mesmo dia. Observações:   (*) Com base em uma dieta de 2 mil kcal ou 8.400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. (**) Valor não estabelecido

Explore a diversidade dos Varejões CEAGESP

  Engana-se quem acredita que o Varejão CEAGESP é uma simples feira comum. Além das frutas, legumes, verduras, peixes e produtos granjeiros de qualidade, quem frequenta a área de 20 mil m² têm à sua disposição produtos dos mais diversos segmentos. Entrando pelo portão 7 do Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) , onde é realizado o Varejão Noturno, essa variedade se apresenta logo à primeira vista: à direita, barracas de água de coco e pastel intercalam-se com o Acarajé da Cris, que oferece desde o Acarajé tradicional ao custo de R$ 10 (ou R$ 14, quando servido no prato), até espetinhos de camarão, cuscuz e porções de merluza.  Pouco mais adiante, o calor dos temperos baianos é substituído por sabores um tanto mais leves: bolos, maçãs do amor, doce de leite, brigadeiros... São ao menos três opções de barracas que trabalham com doces caseiros e industrializados.  Para quem prefere algo mais natural, o mel é uma boa pedida: no Varejão, o produto é vendido em embalagens de tod