Pular para o conteúdo principal

Conheça os benefícios da tangerina cravo, o produto destaque da semana (24/4)

Originária da Ásia e Austrália, a tangerina foi trazida ao Brasil pelos portugueses no final do século 19, quando foi introduzida primeiro na região litorânea, e depois foi sendo levada para o interior do país.

Seu nome muda de acordo com a região do Brasil: no sul, ela é chamada de bergamota ou vergamota. No centro-sul, São Paulo e norte do Paraná, é chamado de mexerica ou ponkam, enquanto que no Rio de Janeiro é tangerina – como na Bahia.

Já no Espírito Santo faz-se distinção entre a mexerica (Citrus reticulata) e a tangerina ou tangerina-verdadeira (Citrus tangerine), como ocorre na língua inglesa, onde a mexerica é uma mandarin orange e a tangerina é uma tangerine.

Na maior parte do nordeste, é chamada de laranja cravo, e em alguns poucos lugares, como em Curitiba e no litoral paranaense (principalmente em Paranaguá), é chamada de mimosa. Diferenças no nome à parte, a verdade é que são comercializadas no Brasil as principais variedades de tangerinas (C. reticulata Blanco) cultivadas são a cravo, poncã (ou ponkan), dancy e montenegrina.

A tangerina cravo se distingue das demais pela cor da sua casca, mais avermelhada que as outras, seu perfume forte e bem característico, e por ser mais doce e menos ácida que as suas primas. As suas propriedades medicinais mais conhecidas tem ações anti-inflamatórias, diuréticas e tônicas. Também possuem propriedades laxativas, devido à grande quantidade de fibras, devendo ser consumida com o bagaço para melhorar o funcionamento do intestino. Veja outros benefícios:
  • Possui efeito diurético, digestivo e tônico. 
  • É indicada para o tratamento da hipertensão arterial e prevenção da arteriosclerose.Suas fibras protegem o organismo de doenças como câncer, diabetes, hipertensão e outras doenças cardiovasculares. 
  • O chá das folhas é considerado um calmante e pode ser conservado na geladeira por até três semanas. 
  • As cascas da tangerina são usadas como um tônico para estimular a produção de ácido clorídrico, que ajuda na digestão dos alimentos
  • O extrato de tangerina é utilizado para evitar o ressecamento da pele, tratar vasos capilares danificados e estimular o crescimento de cabelos. 
  • No inverno, por causa da sua riqueza em vitamina C, a tangerina ajuda o corpo a se proteger dos transtornos típicos do período frio, como os resfriados.100 gramas destas frutas fornecem apenas 53 kcal.
Encontrada com mais facilidade nos meses de fevereiro a junho, foram comercializados em 2017 no Entreposto Terminal São Paulo cerca de 6 mil toneladas de tangerinas, provenientes principalmente das cidades paulistas de Monte Alto, Conchal, Vista Alegre do Alto, Marapoama, Casa Branca e Tanabi. No dia 20/4, o preço médio no atacado era de R$ 1,57/kg.
 
Confira outras ofertas e dicas da semana nas mídias sociais (Facebook, blog e Instagram) da Companhia.