Pular para o conteúdo principal

É de comer? Você já experimentou Kino?

A variedades de produtos comercializados no Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) é enorme e muitos deles possuem nomes bem interessantes.
Vamos conhecer o Kino?
Kino, também conhecido por melão africano, é uma fruta originária do deserto de Kalahari, na África Austral (Angola, Botswana, Namíbia e África do Sul). 
Quando maduro, tem casca amarela e um sabor considerado inusitado, pois afirmam que é uma mistura  de pepino, kiwi e banana, sendo este último mais acentuado. 
A fruta, considerada exótica, se parece com um melão pequeno, de casca rugosa e espinhuda; quando aberta, se parece com o maracujá ou a romã, com polpa esverdeada e gelatinosa.
Nutricionistas afirmam que a fruta possui muitas vitaminas A e C, faz muito bem para a a digestão, equilibra a flora intestinal e tem efeito laxante.
Sugere-se que seja cortada pela metade, na horizontal, para saboreá-la com uma colher, ou na vertical para retirar a polpa, limpar as sementes e misturá-las à salada de frutas.
Em 2017, registrou-se a entrada de 772 quilos de kino, vindos principalmente das cidades paulistas de São Miguel Arcanjo e Capão Bonito. Até o mês de maio, esse número quase duplicou, chegando a 1.260 quilos.