Pular para o conteúdo principal

Dia Nacional do Homem



Desde 1992, o Brasil comemora no dia 15 de julho o Dia do Homem, por iniciativa da Ordem Nacional dos Escritores, para conscientizar a população em geral sobre os cuidados com a saúde masculina. No restante do mundo, a data mais conhecida com esse intuito é no dia 19 de novembro, quando todos celebram o Novembro Azul, celebrado principalmente para alertar sobre o câncer de próstata. Esta doença é o que mais afeta os homens no Brasil, principalmente na faixa etária dos 45 aos 65 anos de idade.

Segundo o Centro de Referência em Saúde do Homem de São Paulo, cerca de 70% dos homens só procuram um consultório médico depois que sofreram da mulher ou de filhos. Mais da metade desses pacientes adiaram a ida ao médico e já chegaram com doenças em estágio avançado. Para Angelita Herrmann, coordenadora de Saúde do Homem do Ministério da Saúde, o problema é cultural. “Homem não é super-herói, eles precisam quebrar o mito de serem fortes o tempo todo”, fala ela.

A prevenção ainda é o melhor remédio, e o ideal é passar por um check-up anual para fazer um diagnóstico precoce de alguma doença e fazer o tratamento preventivo. Por isso, além de adotar hábitos alimentares mais saudáveis e a prática regular de exercícios, o homem deve passar regularmente por especialistas médicos, pois entre as doenças mais comuns do sexo masculino, estão aquelas relacionadas à próstata, ao coração, às articulações e à respiração.

Medir a pressão com frequência e acompanhar as taxas de colesterol são importantes para evitar doenças crônicas como a diabetes e a hipertensão. Outros testes importantes a serem realizados dizem respeito às doenças sexualmente transmissíveis como o teste de HIV, hepatite B (HBsAg) e do vírus da hepatite C (anti-HCV)

Não deixe para muito tarde, cuide da sua saúde! Procure seu médico e faça do check-up uma rotina para a melhoria e manutenção da sua saúde!